“Eu me amo, não posso mais viver sem mim!”

Essa música faz todo o sentido!

Nossa, que título egocêntrico, Fernanda! É nada! Se a gente não se ama incondicionalmente ninguém suporta viver perto da gente… É por isso que te convido a começar a se amar e a não viver mais sem você!

Eu tenho apreciado minha própria companhia e tenho aprendido a conviver comigo e a gostar disso!! Estava conversando com um amigo esses dias e ainda falávamos que gostar demais da própria companhia pode até ser ruim, porque a gente acaba ficando seletivo demais e não aceita mais qualquer companhia ao nosso lado! De outra forma, a gente consegue passar pelos momentos sozinhos, sem amigos ou familiares por perto com mais facilidade. Isso faz com que a nossa dependência de ter sempre alguém ao lado diminua até sumir! Mesmo porque depender de alguém nunca é bom, em todos os sentidos!

Esse texto mesmo, foi escrito em um café delicioso aqui de Campos, onde eu vim comer depois do trabalho e nenhum amigo pôde vir comigo. Estando sozinha, sem ter com quem conversar, sem internet pra atrapalhar, a inspiração fluiu e nem dei conta de que estar em minha própria companhia é tão bom quanto estar na companhia de alguém. O mais difícil em aproveitar a própria companhia em locais públicos é que as pessoas não compreendem que estar só não é algo para dar dó. (Recebi uns olhares estranhos enquanto digitava esse texto…) Estar só e escolher essa condição, é libertador. Você nem sempre precisa ter alguém pra te acompanhar ao cinema porque você não vê problema nenhum em ir sozinha. Tomar um café da tarde em sua própria companhia é a chance de observar as pessoas, ordenar seus pensamentos e ter a oportunidade de comer o que mais gosta sem ninguém implicar! rs ;) 

Só não vá virar um ermitão, tá?! Conviver com outras pessoas também faz bem! Mas há momentos em que a própria companhia é muito agradável!

‎O texto de hoje é bem curtinho pra poder sobrar tempo de você decidir agora o que vai fazer sozinho. Pode ser ir ao cinema, fazer compras, tomar um café naquele lugar chique da sua cidade, passear num parque, ir à praia, viajar…. Faça qualquer coisa por e com você e não ligue para os olhares das pessoas que não sabem viver sozinhas. Elas não sabem é ser felizes! ;)

Grande beijo e até a próxima!!

Fernanda Maria

Relações Públicas de formação, confeiteira por amor e feliz por necessidade! Adoro escrever, observar as pessoas, ouvir boa música e olhar para o céu em busca de nuvens divertidas e respostas para vida!

Uma resposta para ““Eu me amo, não posso mais viver sem mim!””

Um comentário aleatório