Somos rotuladas pela sociedade

Você já percebeu que tudo na vida se baseia num “padrão” que a sociedade impõe o tempo todo? Quando falo sociedade falo em geral: família, amigos,colegas e outros chatos.
Temos regras desde que nascemos, aprender a falar, andar, comer, escovar os dentes, tomar banho e por ai vai.
Estudamos desde criança e ouvimos “estude para ser alguém na vida”, mas calma eu sou um Zé ninguém? Ah sem esquecer que a gente ouve o tempo todo a família e até amigos falando que namorar cedo não é bom, pois você não vai aproveitar a vida. Mas, se nós fizermos uma análise ao nosso redor tem muitos casais por ai que se divertem muito, até mais do que qualquer mocinha famosa das redes sociais (aquela com muitos seguidores e curtidas nas fotos), mas que vive triste e sozinha em sua casa.

As mulheres depois de crescerem, estudarem, saírem de casa (algumas), viajarem, casarem ou até ir morarem com seu namorado, vem a porra da sociedade com as cobranças pra cima de você: “Ta ficando velha hem!” “E filhos quando pensa em ter?” “Vocês já estão um tempinho juntos, já estão pensando em ter filhos?” ” Sua vó não quer morrer antes do netinho nascer.”
E vem mais cobranças para cima de nós mulheres mortais: “Nossa minha filha tá encalhada tadinha, precisa urgente de uma namorado.” “O sonho da vó dela é vê la entrando na igreja antes de morrer” “Minha filha é muito perfeita para tal trabalho”.

Para tudoooo vocês não são os donos da verdade. Pronto falei!
C-A-R-A-M-B-A ! Alguém já perguntou qual é o nosso sonho? O que nós queremos realmente fazer? Por que segurar tanto nós mulheres? Por que não deixar criar asas, Por que nos estragar com tanta preocupação?
Se temos nossos sonhos podemos realiza-ló sozinha e chamarmos quem a gente quiser para participar. Somos livres, não vivemos em uma redoma de vidro ok?
Muitos acham que estão fazendo o bem, mas tenha a certeza que não estão fazendo, estão criando um monstrinho que no futuro vai mostrar suas asinhas de alguma forma(leão adormecido), ou vai ser uma pessoa frustrada a vida toda.

Sociedade vocês já tiveram ou tem suas vidinhas, então deixem o restante se virarem. “Ah! Mas tenho medo da minha filha sofrer” (só porque é mulher). Gente todos temos que sofrer na vida ou passar por alguma desilusão isso faz parte do nosso crescimento. Quem nunca sofreu nessa vida?

E quando o assunto é a sua opção sexual, vixi muitos não aceitam sua filhinha tão querida gostar de uma outra menina (muitas se escondem do mundo), acham um absuro!!! E dai? Ah mas envolve a religião? a vergonha da família? Ou porque não vai ter filho, afinal menina com menina não tem como né?
P-AL-H-A-Ç-A-D-A. Ta realmente difícil!! :(

Cada dia que passa, mais casais decidem não ter filhos ou mesmo não casar, só vivem juntos, tem casais que namoram por longos anos sem casar e sem morar juntos. Como tem casais que se conhecem a pouco tempo e já se casam ou vão morar juntos (meu caso)
Minha opinião casando ou não, tendo filhos ou não, a vida é de cada um, administre conforme achar melhor.

Tenho 36 anos, estou num relacionamento de 02 anos (morando junto). Se assustou? Estou na melhor fase de minha vida e não me arrependo de nada.
Aproveitei todas minhas fases (e como aproveitei), porque tive uma mãe de mente aberta que me aconselhou e não me acorrentou, sempre me abriu os olhos em relação as regras que a sociedade impõe. Me ensinou o amor ao próximo, ajudar sem olhar a quem.Hoje ainda acho que tenho muito o que aproveitar, muitas viagens que pretendo fazer, sozinha, com o namorado ou até mesmo com meu filho (sim pretendo ter por minha vontade é claro).

Não existe um livro que diz a melhor maneira de viver, o que é o certo ou errado e qual caminho seguir. A minha vida sou eu que faço e não estou aqui para perde tempo com o ‘PADRÃO” da sociedade.
Fuja desse padrão imposto, não temos idade para nada, enfrente o mundo e seja feliz!

Afinal só temos uma certeza na vida que é a morte! VIVA!

 

Cristiane Duarte

Cristiane Duarte, 36 anos e caiçara de Ubatuba. Social Media por amor e conectada no mundo digital o tempo todo. Adora viajar, comer, praia e Netflix com pipoca.

Um comentário aleatório